Rock in Rio: Fall Out Boy leva pop punk evoluído em noite de veteranos
Mídia em segundo plano para fins jornalistico e editorial, sem qualquer outra finalidade.

Rock in Rio, aí vamos nós

Queen. Beyoncé. Coldplay. Guns N' Roses. Iron Maiden.
Agora, é a nossa vez de fazer história no maior festival de música e entretenimento do mundo.
 
Em setembro, viva experiência do maior e melhor
Rock in Rio de todos os tempos no On Backstage.

SCORPIONS

34 anos desde a última passagem, os veteranos do Scorpions chegam com força total. Rock You Like a Hurricane!

BON JOVI

O multi-platinado e membro do Rock & Roll Hall of Fame, Bon Jovi, chega ao país com a turnê This House Is Not For Sale.

SLAYER

Uma das principais bandas do thrash metal, Slayer, celebra 38 anos de carreira com turnê mundial de despedida.

IRON MAIDEN

Prepare-se para ver o Iron Maiden na maior produção de sua história em dois dos maiores estádios do país.
qua, 18 de set de 2019
qua, 25 de set de 2019
qua, 02 de out de 2019
dom, 06 de out de 2019
A cobertura especial do maior Rock in Rio de todos os tempos começa em 27 de set, às 14h BRT, nas redes sociais do On Backstage.

Rock in Rio: Fall Out Boy leva pop punk evoluído em noite de veteranos

22.09.2017

Pela primeira vez no Rio, Fall Out Boy fez bonito em noite de veteranos

 

Matheus Lima

21 Setembro 2017 | 22h15

Fall Out Boy no Rock in Rio. (Imagem: I Hate Flash)

 

De 'dance, dance,' á EDM, a banda de pop punk Fall Out Boy apresentou um som evoluído ao público do Rock in Rio na noite desta quinta-feira (21). Os integrantes Patrick Stump (vocal/guitarra), Pete Wentz (baixo), Joe Trohman (guitarra) e Andy Hurley (bateria) foram destaques em noite de veteranos Aerosmith e Def Leppard, como substitutos de Billy Idol — que em entrevista ao portal de notícias G1, disse terem o "mesmo espírito".

 

A noite de rock à moda antiga ficou mais diversificada com a sonoridade dos rapazes, que é um dos grupos mais premiados de sua geração. Pete Wentz disse recentemente que "o festival é animal" e que "poder tocar em uma noite com Aerosmith e Def Leppard também é incrível", bandas que, segundo o próprio baixista, eles cresceram ouvindo antes de descobrirem o punk rock. 

 

O grupo optou por um setlist bem apto de festival, fazendo uma mistura bem bacana de seus principais sucessos, mostrando todos os seus conceitos até aqui. Sendo a primeira apresentação no Rio de Janeiro, as canções antigas tornaram-se os momentos mais incríveis do show. Com uma pegada old school, o grupo de Chicago embalou a noite com os hits "Sugar, We're Goin Down", "My Songs Know What You Did in the Dark" e "Dance, Dance".

 

O baixista Pete Wentz puxou papo com o público: "o Rio é tão lindo". Mais tarde, se aventurou perto dos fãs.

 

"Immortals" e "Thnks fr th Mmrs" foram acompanhadas com palmas e boas vibrações do público. A responsável por (quase) encerrar a apresentação foi a canção "Centuries", uma das mais populares da banda. Entretanto, "Saturday" foi cantada pela galera durante todo o show, e acabou sendo executada pela banda.

 

De longe, uma das maiores revelações da sétima edição do Rock in Rio.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

sobre nós    |    mapa do site    |    entre em contato

© 2019 on backstage | alguns direitos reservados.