• Miguel Rossette

Coldplay esgota 1 milhão de ingressos na Europa e bate seu próprio recorde

Atualizado: 10 de jan.

A banda liderada por Chris Martin nunca esteve tão forte: mesmo na incerteza da pandemia, o grupo britânico lota estádios e promete turnê eletrizante


Coldplay em pôster promocional do álbum Music of the Spheres. Foto: James Marcus Haney


Em 1998, uma pequena banda, ainda sem nome, formada por 4 universitários ingleses, fez o seu primeiro show em um pub londrino chamado The Laurel Tree. Os integrantes, com dificuldade, conseguiram se unir e vender todos os ingressos para os amigos da faculdade. Então, dias antes do show, no pânico e na ansiedade da apresentação, o baterista Will Champion escolheu um nome para o grupo: ‘‘Starfish’’.


Essa banda é conhecida hoje por outro nome: Coldplay. Depois de mais de 20 anos de carreira, o grupo liderado por Chris Martin acaba de esgotar 200 mil ingressos no lendário Stade de France em tempo recorde. Das quatro datas programadas, 16, 17, 19 e 20 de julho, apenas a última está com entradas disponíveis.


Em sua terra natal, os rapazes estão com fôlego total: são 6 datas consecutivas (12, 13, 16, 17, 19 e 20 de agosto) no histórico Wembley Stadium, batendo o seu próprio feito de 2016, quando subiram no palco em 4 noites. “Wembley é o melhor lugar do mundo para se tocar”, comemora Chris.


Coldplay durante passagem pelo Stade de France / Foto: Divulgação


Existem outros números impressionantes na Music of the Spheres World Tour, que começa a rodar mundo afora em 18 de março na Costa Rica. Nesse momento, já são 30 shows confirmados e 1 milhão de ingressos vendidos por toda a Europa.


A banda, que promete passar por outros continentes, já está com o passaporte carimbado para o México e performances com entradas esgotadas por vários estádios dos Estados Unidos.


Coldplay é um fenômeno em performances ao vivo


Se o show de estreia no Laurel Tree foi marcado por problemas técnicos, Chris, Jonny, Will e Guy são, hoje em dia, referência quando o assunto é lotar estádios. O quarteto é reconhecido mundialmente por sua energia lúdica, em que, durante 2 horas, é permitido sonhar e perder a voz no meio de um espetáculo visual.


Music of the Spheres World Tour: uma turnê sustentável


Para essa nova jornada, o astro inglês Chris Martin tem um desejo diferente: tornar essa turnê mundial a mais sustentável possível. O plano da banda é posicionar vários ciclistas nos estádios (isso mesmo), para que energia seja gerada com as pedaladas de cada um deles, e assim, tornando o show mais amigável com o meio ambiente.


Segundo as palavras do próprio vocalista, a meta é ‘‘mudar pelo menos um pouco o modo que uma turnê funciona’’. O grupo britânico também se aproveitará de energia solar, e até mesmo de óleo de cozinha de restaurantes locais.


Os fãs ainda serão surpreendidos por algo completamente inovador: a audiência estará em cima de um chão cinético durante os shows. Chris complementa que ‘‘quanto mais eles se movimentarem, mais eles estão ajudando a gerar energia para o show.’’


Espetáculo visual é marca da banda. Foto: Divulgação


Coldplay no Rock in Rio 2022


No Brasil, a banda retorna ao Rock in Rio após 11 anos de uma apresentação que entrou para a história do festival. “É o paraíso das bandas”, brinca o vocalista ao ser perguntado sobre o país.


Os rapazes sobem ao Palco Mundo no dia 10 de setembro. Camila Cabello, Bastille e Djavan completam o cartaz do palco principal na mesma ocasião. A venda geral de ingressos acontece em abril de 2022.


#Coldplay #MusicoftheSpheresWorldTour