top of page
On Backstage 2024

A SUA  EXPERIÊNCIA NOS MAIORES SHOWS E FESTIVAIS DE MÚSICA DO PAÍS COMEÇA AQUI

  • Foto do escritorMatheus Lima

The Town: Post Malone faz show eufórico, mais rock 'n' roll e cheio de carisma

Headliner encerrou 1° noite de festival com setlist redondo, fã no palco e muitos agradecimentos ao Brasil


Post Malone com a camiseta da seleção brasileira durante show no Palco Skyline — Foto: Reprodução


Trajado com a camiseta da seleção brasileira, Post Malone retornou ao país em seu momento mais despretensioso e contagiante em cima dos palcos. Desta vez, com um reforço de peso: sua banda. Combustão que intensificou performances de hits gigantes como "Better Now", que eletrizou o público logo nos primeiros riffs, e "Wow". Todas em uma pegada mais rock 'n' roll, criando uma atmosfera eufórica logo de cara.


Post trouxe parte de sua turnê "If Y'all Weren’t Here, I’d Be Crying" para o palco principal, o que resultou em um setlist bem redondo. O repertório foi um reflexo do que o cantor se tornou nesses últimos anos, um fenômeno. Sem mais. O rapaz conta com uma gama de sucessos brutais, que são cantados a plenos pulmões por uma legião de fãs ensandecida, e um carisma vibrante.


Ao longo da noite, o americano foi fazendo questão de se conectar ainda mais com o público brasileiro, e arriscava palavras em português que arrancavam gritos da plateia. "Vai Continhians" deu sequência para um "obrigado" e outras interações que seguiam ao longo que o setlist era modelado.


A chuva caia firme no Autódromo e Malone brincou falando "sempre que eu venho aqui está chovendo". Boa parte da galera no gramado aguentava firme, mas nem todo mundo conseguiu seguir no mesmo pique.


Seguindo o roteiro de outros shows, Post chamou ao palco um fã para tocar "Stay". O sortudo foi o Daniel, fã que se espremia na grade. Depois de três tentativas, o rapaz deu conta do rolê e entregou um dos momentos mais sensacionais da noite.


O repertório seguiu com as empolgantes "Take What You Want", parceria com Ozzy Osbourne, "Sunflower" e chegou ao fim com "Chemical", do atual álbum "Austin" (2023). Post Malone encerrou o espetáculo ovacionado e abraçado pelo público. Em uma troca mútua de afeto, o rapaz desceu do palco e foi se jogar na multidão.


O Brasil é seu, Austin Post Malone.


コメント


bottom of page