• Matheus Lima

Rock in Rio Lisboa: Após muito suor, Bastille agita o público português


(Foto: Bastille no Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa / Vodafone Portugal)

Os ingleses do Bastille foram os responsáveis por esquentarem o Palco Mundo para a principal atração do primeiro dia de Rock in Rio Lisboa, Muse.

A canção de energia contagiante, ‘Good Grief’, do último trabalho dos rapazes, “Wild World” (2016), foi a responsável pelo ponta-pé inicial do concerto. Dan Smith, já nos primeiros momentos, se mostrava um vocalista com uma boa presença de palco, e a multidão não o deixava nada intimidado. Ao contrário, fazia com que o rapaz ficasse ainda mais intenso lá em cima.

O cenário, com o triângulo símbolo da banda, era simples, entretanto, o jogo de luzes era bem pensado. Clássico dos Bastille. Eles sabem bem como harmonizar todos os contrastes de cores. Ambas as turnês que produziram ao longo da carreira foram assim, bem executadas.

A primeira conversa com o público português veio logo na sequência da segunda canção, ‘Icarus’: “Olá Rock in Rio Lisboa, nós somos Bastille. Desculpe o meu português, é uma merda”. A música, do aclamado “Bad Blood” (2013), disco que os consagraram até até aqui, esquentou ainda mais a Cidade do Rock portuguesa, arrancando gritos e palmas da galera que abarrotava o palco principal.

Após ‘Fake It’, também do ultimo trabalho, veio um cover que promoveria um dos momentos mais marcantes para uma apresentação em festival, ‘Of The Night’. Dan pediu para que a plateia pulasse e vibrasse no refrão explosivo, e assim foi feito. Enquanto ele estava lá na passarela, tocando um pequeno tambor, o público retribuía a energia lá de baixo.

O maior fenômeno global dos ingleses, ‘Pompeii’, encerrou o espetáculo em grande estilo. O início acústico, deu um toque ainda mais eletrizante, e fez o público cantar tudo do início ao fim. No refrão principal, a galera saiu do chão e celebraram com os rapazes, que entregaram o melhor de si nesta noite mais que especial. Antes, a mais recente composição "Quarter Past Midnight", foi executada pela primeira vez, e já nos deu um gostinho do próximo passo da banda na indústria da música.

Foram quinze músicas e cerca de uma hora e meia de Bastille no Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa. Proporcionaram uma noite com alguns de seus maiores sucessos, entre o álbum "Bad Blood" e "Wild World". Todo (ou quase) suor foi recompensando.

Setlist @ Bastille no Rock in Rio Lisboa 2018

Good Grief

Icarus

Fake It

Of the Night

The Silence

Warmth

Laura Palmer

Things We Lost in the Fire

The Currents

Bad Blood

Send Them Off!

Flaws

Quarter Past Midnight

Pompeii


Busque no On Backstage

TUDO

O QUE

VOCÊ

PRECISA

SABER.

  • Facebook do On Backstage
  • Instagram do On Backstage
  • YouTube do On Backstage
  • Twitter do On Backstage