• Letycia Miranda

Rock in Rio - Aquecimento: 5 motivos para assistir Guns N' Roses


Nossa espera a cada dia respira mais próxima do fim. Faltam apenas 93 dias para o festival mais aguardado de 2017 e com isso estarão aterrizando mais uma vez em solo carioca, nada mais, nada menos que Guns n' Roses. Aumentando o peso do time de headliners do festival.

A última passagem do Guns no país ocorreu em novembro do ano passado, no Estádio João Avelange, que fica no subúrbio carioca. Axl, Slash e Duff. A formação clássica esteve presente e fez com que os fãs se encontrassem novamente nos anos 80/90. Com o retorno de Slash e Duff, a banda está aumentando e garimpando sua influência na história da música e garantindo marcos em uma nova geração. Aproveitando esse embalo do retorno, o guitarrista Fortus confirmou a expectativa para um álbum inédito do GnR. Enquanto esperamos as novidades, vamos nos aquecendo para o show que está por vir.

O trio ilustre Axl/Slash/Duff reunido

O solado triunfante de Slash na guitarra é a melhor música para os ouvidos dos roqueiros. Há pouco mais de 1 ano o trio se reconciliou nos palcos e nessa feita se reuniram talento, criatividade e muita bagagem na história dando resultado a um Guns revigorado para, inclusive, criar novos sucessos.

Títulos de Prestígio

GnR deixou marcas incomparáveis na indústria da música. Desde 1987, o álbum "Appetite for Destruction", é considerado o álbum de estréia mais vendido no mundo. Passados 30 anos, ninguém conseguiu desbancar o hard rock de estreia do Guns. Na primeira turnê após o retorno de Slah rendeu 188 milhões pelo mundo inteiro, valor que só havia sido arrecadado por Coldplay e Beyoncé.

Músicas Consagradas

As composições de Guns n' Roses estão eternizadas em todos os cantos. "Welcome To The Jungle", "Sweet Child o' Mine" e "Paradise City" quando tocadas por Slash e avivadas no agudo característico da voz de Axl Rose arrepiam qualquer atmosfera. Donos dessa identidade que serve de influência para antigas e novas bandas de rock, nunca deixam de representar com maestria alguns dos hits que são responsáveis pelo sucesso da banda.

Muito carinho pelo Brasil

O país esteve incluso em uma das turnês mais importantes na carreira da banda, "Not in this Lifetime", que rodou o mundo em 2016. Nessa ocasião, GnR realizou uma passagem incrível e pra ninguém colocar defeito no Engenhão, estádio localizado na zona norte do Rio. O show contou com um repertório vasto, Slash emocionante na guitarra e Axl correndo de ponta a ponta no palco. Não é exatamente o mesmo pique de 30 anos atrás, mas o espírito é o mesmo e a emoção, é bastante similar.

Íntimos do Rock in Rio

O Guns marcou presença nas edições de 1992, 2001 e 2011. Os caras já são íntimos do festival e muito bem quistos. Em 1992 e 2001 realizaram shows incríveis e mesmo com tantos percalços na apresentação de 2011, GnR permaneceu por 2 horas e meia no palco. A apresentação de 2001 ficou marcada pela fase cinzenta da banda que precisou de um esforço a mais para permanecer com o título de uma das maiores banda de hard rock do mundo. Axl conseguiu comprovar esse título para os cariocas atingindo as notas mais agudas possíveis.

Em setembro, vivenciaremos o épico show do Guns N' Roses na nova Cidade do Rock! Até setembro.

Nota: A autora não faz mais parte do site desde abril de 2018. Os seus conteúdos estão disponíveis por autorização da mesma.