top of page
On Backstage 2024

A SUA  EXPERIÊNCIA NOS MAIORES SHOWS E FESTIVAIS DE MÚSICA DO PAÍS COMEÇA AQUI

  • Foto do escritorMatheus Lima

Rock in Rio: Green Day faz show apoteótico para plateia fervorosa e com pedido de casamento

Banda fez o maior espetáculo da nona edição do festival até o momento


Green Day durante estreia no Rock in Rio — Foto: Stephanie Rodrigues/G1


O Green Day se consagrou como uma das maiores figuras da cena punk rock global. A banda, encabeçada por Billie Joe, trilhou um caminho de ouro no gênero, com músicas que fazem parte de toda uma geração old school que cresceu ouvindo o som melancolicamente intenso dos rapazes.


Pela primeira no Rock in Rio, a banda fez a sua poderosa estreia no Palco Mundo já eletrizando o público nos primeiros riffs de “American Idiot”, uma das composições mais clássicas e idolatradas da carreira de quase quarenta anos. “Oh yeah, Rio!”, gritou Billie, na sequência mandou um “Viva Brasil!”.


O dia começou quente no Rio de Janeiro e o fervor se manteve ao longo da performance do grupo, que apostou em um setlist bem energético, na pegada festival, e aguçando o sentimento nostálgico. Foi fácil conquistar os espectadores eufóricos, que pulavam com as mãos ao alto, se entregando ao espetáculo.


“Nesta noite nós vamos cantar juntos, nós vamos dançar juntos”, disse o vocalista antes de seguir com “Holiday”, acompanhada por palmas da galera que se esparramava pelo gramado. Completamente fascinado pela energia que tomava conta da Cidade do Rock, Joe não se cansava de entonar “Rio!”.


Uma fã brasileira subiu ao palco emocionada e se jogou cantando um trecho de “Know Your Enemy".


Uma das mais emblemáticas dos rapazes, “Boulevard of Broken Dreams” foi cantada com vontade e com direito a mãos balançando no ritmo da composição. Um verdadeiro espetáculo do público que, a essa altura, já estava hipnotizado com o grupo, obedecendo cada comando.


Entre tantos hits próprios, sobrou espaço  para um cover classudo de “Rock and Roll All Nite”, do KISS. Impossível ficar pardo. A energia do ambiente era contagiante e rodinhas punk eram formadas pelo espaço. "When I Come Around" e a estourada "Basket Case" lapidaram ainda mais o setlist de uma noite inesquecível. Green Day fez um dos maiores shows da nona edição até agora.


Comments


bottom of page