niall-horan-2020-ingressos-leaderboard.p
anúncio:

Rock in Rio: Detonautas e Pavilhão 9 fazem show nostálgico e político

Hits e discursos marcaram o show de Detonautas e Pavilhão 9

 

Matheus Lima

28 Setembro 2019 | 18h30

Detonautas no Palco Sunset do Rock in Rio. (Imagem: I Hate Flash)

 

A banda Detonautas, marcante na cena do do rock nacional, subiu ao palco com o Pavilhão 9, um dos principais grupos de hip-hop da década de 90, conhecido por seu discurso forte e letras engajadas que tratam de questões sociais, políticas e culturais. E, assim seguiu o show deles. Com discursos afiados e necessários no atual momento. 

 

O Pavilhão 9 retornou ao festival treze anos a primeira apresentação, na edição de 2001. Já Detonautas, subiu ao Palco Mundo em 2011. 

 

A banda liderada por Tico Santa Cruz apostou em musicas nostálgicas, que marcaram toda uma geração. Os primeiros passos dicaram por conta de “Mercador das Almas”, “Quando o Sol Se For”, “O Amanhã” e “Você Me Faz Faz Tão Bem".

 

Durante “Ilumina o Mundo”, o momento mais emocionante e marcante da apresentação aconteceu. Foi quando a banda projetou “Ligue 188” no telão, em mensagem pela prevenção do suicídio.

 

Pavilhão 9 mostrou as relevantes “Trilha do Futuro” e “Mandando Bronca". No caminho, aconteceu um cover de “Killing in the Name”, do Rage Against the Machine.

 

O discurso politizado e necessário, foi um destaque à parte entre ambas as bandas. O concerto chegou ao fim com a marcante “Outro Lugar”, de Detonautas.

 

Heineken e On Backstage no Rock in Rio

 

A covite da Heineken, o On Backstage está vivendo todas as experiências do maior Rock in Rio de todos os tempos. 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Please reload

seções
institucional
  • Instagram On Backstage @onbkstg