On Tour: U2 - eXPERIENCE + iNNOCENCE
Mídia em segundo plano para fins jornalistico e editorial, sem qualquer outra finalidade.

Rock in Rio, aí vamos nós

Queen. Beyoncé. Coldplay. Guns N' Roses. Iron Maiden.
Agora, é a nossa vez de fazer história no maior festival de música e entretenimento do mundo.
 
Em setembro, viva experiência do maior e melhor
Rock in Rio de todos os tempos no On Backstage.

SCORPIONS

34 anos desde a última passagem, os veteranos do Scorpions chegam com força total. Rock You Like a Hurricane!

BON JOVI

O multi-platinado e membro do Rock & Roll Hall of Fame, Bon Jovi, chega ao país com a turnê This House Is Not For Sale.

SLAYER

Uma das principais bandas do thrash metal, Slayer, celebra 38 anos de carreira com turnê mundial de despedida.

IRON MAIDEN

Prepare-se para ver o Iron Maiden na maior produção de sua história em dois dos maiores estádios do país.
qua, 18 de set de 2019
qua, 25 de set de 2019
qua, 02 de out de 2019
dom, 06 de out de 2019
A cobertura especial do maior Rock in Rio de todos os tempos começa em 27 de set, às 14h BRT, nas redes sociais do On Backstage.

On Tour: U2 - eXPERIENCE + iNNOCENCE

(Foto: U2 durante a eXPERIENCE & iNNOCENCE Tour, em Tulsa / Divulgação)

 

U2 com certeza tem o posto de uma das maiores bandas de todos os tempos e provavelmente a maior da atualidade, fato que se consolidada a cada turnê e a cada álbum que lançam. Os caras literalmente não param e nem há sinais de que irão parar, pois logo após uma mega turnê como The Joshua Tree Tour, feita em comemoração aos 30 anos do álbum, eles já seguem com novos trabalhos e nova tour. O que mais surpreende é que todo o trabalho está sendo excepcionalmente incrível, não deixando nada a desejar.

 

Menos de um ano após o fim da última série de shows, para dar continuidade a iNNOCENCE + eXPERIENCE Tour que se encerrou em 2015, a banda deu partida à eXPERIENCE + iNNOCENCE Tour em 2 de maio de 2018 nos Estados Unidos, com o álbum Songs Of Experience (2017) no protagonismo, trazendo inovações tecnológicas e surpresas de tirar o fôlego na setlist.

 

Como de tradição, a infraestrutura dos shows é monumental e o palco da iNNOCENCE + eXPERIENCE se repete com um telão formando uma passarela flutuante em cima da passarela comum e mais dois palcos, porém existem algumas melhoras, afinal, caso contrário não seria U2. Dentre as inovações está a qualidade das imagens e uma tecnologia de realidade aumentada que interage com os celulares do público. Quando utilizam smartphones para filmar o espetáculo logo no início do show, é possível visualizar uma imagem diferente da do telão. Parece mágico, mas é pura tecnologia.

 

“Love Is All We Have Left” é a primeira do show assim como do álbum, causando uma introdução crescente junto ao momento interativo, já deixando a galera empolgada e curiosa para o que estará por vir. Também no início dos shows, eles têm tocado “All Because Of You”, música muito boa e super enérgica que resgataram do How To Dismantle An Atomic Bomb (2004) e que não tocavam há vários anos. “Sunday Bloody Sunday” ganhou uma versão muito bonita com instrumental diferente do original. 

Os sets incluem “The Ocean” rápida canção do primeiro disco da banda Boy (1980), seguida do combo “Iris (Hold Me Close)”, “Cedarwood Road”, duas primeiras músicas do Songs Of Innocence (2014) que aparecem no show. “Song For Someone” apareceu no primeiro show, em contrapartida, a poderosa “Raised By Wolves” marca presença em todos! 

 

Outras duas novidades são “Until The End Of The World” do Achtung Baby (1991) que dá um up maneiríssimo e “Hold Me Thrill Me, Thrill Me, Kiss Me” é tocada ao fundo enquanto uma breve história em quadrinho da banda é passada no telão imenso.

 

No palco circular ao extremo da passarela, que chamam de “Stage E”, após performance de “Desire”, uma surpresa do Achtung Baby (sendo essa a maior delas) “Acrobat” gera um momento intenso para o show e na sua introdução Bono utilizou uma câmera especial para modificar seu rosto e trazer de volta Mr. Macphisto. Para os fãs de longa data, certamente foi um momento de surpresa e entusiasmo. 

 

A belíssima “Staring At the Sun” do Pop (1997) faz caírem algumas lágrimas de emoção, isso sem contar com a magnífica “City Of Blinding Lights” mais uma vez trazendo de volta o Atomic Bomb, relembrando seus tempos de abertura do 360º. 

 

As músicas de Songs Of Experience ficaram maravilhosamente bem executadas ao vivo, com destaque para “American Soul” e “Red Flag Day”, que teve sua estreia no show de San Jose, na Califórnia.  

 

Os shows fecham com excelência e maestria aos sons de “Love Is Bigger Than Anything In Its Way” e “13 (There Is a Light)”. 

(Foto: U2 - eXPERIENCE + iNNOCENCE / Divulgação) 

 

Mesmo com anos e anos de estrada e seus integrantes com quase 60 anos de idade, U2 se mantém uma banda ativa atualíssima, moderna e contemporânea tanto em suas composições quanto em suas turnês. A eXPERIENCE + iNNOCENCE Tour traz estruturas que não deixam a desejar em comparação às passadas, ainda com inovações e um ambiente totalmente diferente de shows comuns. Com certeza é uma outra experiência absurda proporcionada pelos shows do U2, vamos torcer para que venham ao Brasil, pois público para ver os caras é o que não falta.

 

Os shows fecham com excelência e maestria aos sons de “Love Is Bigger Than Anything In Its Way” e “13 (There Is a Light). Mesmo com anos e anos de estrada, e seus integrantes com quase 60 anos de idade, U2 se mantém uma banda ativa atualíssima, moderna e contemporânea tanto em suas composições quanto em suas turnês.

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

sobre nós    |    mapa do site    |    entre em contato

© 2019 on backstage | alguns direitos reservados.