O romantismo moderno de John Mayer em passagem por São Paulo
Mídia em segundo plano para fins jornalistico e editorial, sem qualquer outra finalidade.

Rock in Rio, aí vamos nós

Queen. Beyoncé. Coldplay. Guns N' Roses. Iron Maiden.
Agora, é a nossa vez de fazer história no maior festival de música e entretenimento do mundo.
 
Em setembro, viva experiência do maior e melhor
Rock in Rio de todos os tempos no On Backstage.

SCORPIONS

34 anos desde a última passagem, os veteranos do Scorpions chegam com força total. Rock You Like a Hurricane!

BON JOVI

O multi-platinado e membro do Rock & Roll Hall of Fame, Bon Jovi, chega ao país com a turnê This House Is Not For Sale.

SLAYER

Uma das principais bandas do thrash metal, Slayer, celebra 38 anos de carreira com turnê mundial de despedida.

IRON MAIDEN

Prepare-se para ver o Iron Maiden na maior produção de sua história em dois dos maiores estádios do país.
qua, 18 de set de 2019
qua, 25 de set de 2019
qua, 02 de out de 2019
dom, 06 de out de 2019
A cobertura especial do maior Rock in Rio de todos os tempos começa em 27 de set, às 14h BRT, nas redes sociais do On Backstage.

O romantismo moderno de John Mayer em passagem por São Paulo

(Foto: Simon Plestenjak / UOL)

 

Após quatro anos desde a sua primeira passagem pelo Brasil, o guitarrista retornou com força total para o país com a turnê "The Search For Everything", que teve início nesta quarta-feira (18), em São Paulo. A turnê dá nome ao sétimo álbum de estúdio de Mayer, que sem dúvidas, é um de seus melhores trabalhos. John sempre nos surpreende com o poder de transformar suas composições do estilo pop clássico, em um esplendido romantismo moderno. Pontual, talentoso, charmoso e bem humorado, Mayer conquistou o público com a sua voz encantadora, solos de guitarra, muita simpatia e até mesmo a famosa "sarrada no ar" - momento que tirou o fôlego de boa parte dos público que aguardava por aquele momento há meses.

 

Pontual, antes mesmo de Mayer pisar no palco e as luzes acenderem, a plateia já gritava ensandecidamente pelo norte-americano. O show começou bonito com “Helpless” e “Moving On and Getting Over”, duas músicas de seu novo álbum. Antes mesmo de começar a terceira, o público aproveitou para cantar parabéns para o rapaz, que completou 40 anos de idade no último dia 16. Mayer deu um rápido obrigado e emendou "Something Like Olivia".

 

Não houve uma canção se quer que o público não fizesse bonito. Os presentes se entregaram da forma mais intensa possível, para curtirem e fazerem daquele momento, um dos - se não o - melhor de suas vidas. A força do público deu início a "Changing", com um coro de arrepiar, canção também de seu último álbum. John ganhou definitivamente a multidão que tomava o Allianz Parque com a sequência de "Why Georgia" e "No Such Thing". Mayer se mostrava a vontade em cima do palco, o público provava curtir toda a discografia do rapaz, cantando e fazendo um belo espetáculo. Todo o estádio se rendia. Não há dúvidas de que todo o espetáculo seguiria assim, brilhante e cativante.

 

A banda sai do palco para o que seria a parte acústica do show, que mereceu destaque por uma bela versão de "Free Fallin", de Tom Petty. Frequentemente tocada em suas apresentações, a performance foi ainda mais emocionante por ter sido a primeira vez tocada ao vivo desde a morte de Petty, no início do mês.

 

O show é dividido em partes. A terceira, foi apresentando-se apenas com o baterista Steve Jordan e o baixista Pino Palladin, onde demonstravam um entrosamento impecável. O auge da empolgação foi tocando "Vultures", onde ele pega uma baqueta do baterista para usar tocando guitarra.

 

Foi durante "Queen Of California" que o músico disse que lhe sugeriram que dançasse durante show, e deu uma leve sarrada no ar, para o delírio de todos.  Não há dúvidas quanto a qualidade vocal e musical da Mayer, como em "In The Blood", onde com o vocal indiscutível impressionou as milhares de pessoas que o assistiam. Todos no palco estavam bem a vontade, fazendo com que tudo acontecesse de uma forma natural e espontânea. Os membros da banda foram apresentados e aplaudidos, em certo momento, o público vibrou extremamente com a voz do back vocals, que tiveram um momento para se apresentarem.

 

Com uma estrutura impecável, sem exageros e muito bem elaborada, o palco se compunha por John, sua banda e um telão que fazia efeitos com imagens do próprio show, facilitando a visão de todos os ângulos do estádio. Destaque para um dos melhores momentos da noite, em "Gravity", onde o público colocou as luzes dos celulares para cima, deixando a visão ainda mais fantástica.

 

"Gostaria de vir para cá pelo resto de minha vida". Mayer agradeceu e contou que sempre está de olho nos fans, que recebe carinho todos os dias dos brasileiros, o famoso "Come to Brasil". É esse carinho que fez com que ele voltasse ao país. John também fez uma reflexão dos seus "quarentão", citando o valor do tempo e da vida, mesmo quando a rotina parece ser pesada. "Eu amo minha família, eu amo os meus amigos". 

 

John Mayer durante sua passagem por São Paulo mostrou o por que merece todo o reconhecimento, e fez prevalecer todos os melhores pensamentos sobre sua pessoa. Talentoso, simpático e com muito amor para compartilhar com seus milhares de fã. Ele disse que volta. E nós vamos ficar no aguardado. É sempre um prazer poder tê-lo por aqui, querido John. 

(Foto: Simon Plestenjak / UOL)

 

SETLIST @ John Mayer em São Paulo 

 

Capítulo 1: Banda completa
1 - "Helpless"
2 - "Moving On and Getting Over"
3 - "Something Like Olivia"
4 - "Changing"
5 - "Why Georgia" / "No Such Thing"

Capítulo 2: Acústico
6 - "Emoji of a Wave"
7 - "Daughters"
8 - "Free Fallin'"

Capítulo 3: Trio
9 - "Everyday I Have The Blues"
10 - " Cross Road Blues" (Robert Johnson cover)
11 - "Who Did You Think I Was?"
12 - "Vultures"

Capítulo 4: Banda completa (reprise)
13 - "Queen of California"
14 - "In The Blood"
15 - "Slow Dancing In A Burning Room"
16 - "Who Says"
17 - "Dear Marie"

Bis
18 - "Waiting On The World To Change"
19 - "Gravity"

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

sobre nós    |    mapa do site    |    entre em contato

© 2019 on backstage | alguns direitos reservados.