LollaBR: The Neighbourhood faz show quente, cantado do início ao fim

LollaBR: The Neighbourhood faz show quente, cantado do início ao fim

25.03.2018

The Neighbourhood se apresenta no Lollapalooza 2018 (Foto: MROSSI/LOLLAPALOOZA BRASIL)

 

Uma das bandas mais aclamadas e conceituadas do universo alternativo, The Neighbourhood, era de longe, uma das atrações mais aguardadas da sétima edição do Lollapalooza no país. Muito pedida nos últimos anos, o público finalmente pode ter a oportunidade de presenciar e viver toda a energia do vocalista Jesse Rutherford, os guitarristas Jeremy Freedman e Zach Abels, o baixista Mikey Margott, e o baterista Brandon Fried.

 

Com milhares de pessoas frente ao Palco Budweiser, os californianos deram início a apresentação com "Prey",  de seu segundo álbum "Wiped Out !" (2015), e de cara, o público os recebia de forma quente. Na sequência, uma do atual trabalho, "The Neighbourhood (2018)", "You Get Me So High", emendando na clássica "Afraid". Em versos como "Continue sonhando, não pare de respirar / lute contra esses demônios / Venda sua alma, não você por inteiro", a banda deixa de forma bem explicita toda a intensidade das composições que levam em sua bagagem. A multidão presente foi ao delírio, cada vez mais sedenta pelo decorrer do concerto, que de longe, já se tornava memorável na história do festival, e de muitos os que se espremiam por lá. 

 

Sem camisa, com o corpo repleto de tatuagens, Rutherford já estava se sentindo em casa. O indie rock com influências folk e hip-hop dos rapazes é de nível indiscutível, e fala por si só, com o tamanho público que estão conquistando com o decorrer do tempo. Público esse afiadíssimo, que cantava tudo do início ao fim, vibrando e curtindo cada momento daquela atmosfera única Neighbourhood.

The Neighbourhood se apresenta no Lollapalooza 2018 (Foto: MROSSI/LOLLAPALOOZA BRASIL)

 

Jesse se destaca por ser um excelente front-man, guiando de forma perfeita toda a apresentação. O restante da banda também esbanja simpatia e talento. Anda por todos os lados do palco, faz umas dancinhas divertidas. "Obrigado por estarem aqui para nós. Também estamos aqui para vocês", disse o vocalista antes de "24/7", lançada em setembro do ano passado. Pouco depois, "Daddy Issues", cantada suavemente acompanhada da plateia, com direito a palmas e braços erguidos.

 

Do recente extended play "To Imagine - EP", lançado em janeiro deste ano, veio "Scary Love". O Palco Budweiser já transpirava em puro êxtase. O final veio para firmar: Neighbourhood fez história no maior Lollapalooza Brasil da história. "Sweather Weather" fez todos cantarem com todo o fôlego possível, um dos maiores sucesso da carreira deles até aqui - talvez o maior. Na sequência, para fechar com chave de ouro, outro grande hit "R.I.P. 2 My Youth", do disco "Wiped Out!", que reúne composições esplendidas. 

 

Uma apresentação que misturou algumas de suas melhores composições. Rolou de tudo um pouco, e agradou um Autódromo de Interlagos, abarrotado, que respirava o último dia de Lollapalooza Brasil.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

LIVE THIS

EXPERIENCE

Visando intensificar a sua experiência, estamos preparando um novo On Backstage. Enquanto a gente não volta, fique de olho em nossas redes sociais.

sobre nós    |    mapa do site    |    entre em contato

© 2020 on backstage alguns direitos reservados.